06/05/2015

O QUE É MOOD BOARD?


Mood board da Água de Coco para o verão 2016 - Foto: divulgação
Mood board coleção Àgua de Côco- Verão 2016
Inspiração: as rendeiras do Ceará.
Todo projeto criativo começa com um tema e para desenvolve-lo muitas e muitas horas são necessárias em busca de referências que sirvam de inspiração. É como dar um mergulho no universo em que o tema está envolvido.

Muito comum no segmento da moda quando os criadores definem o tema de suas coleções e passam a recolher imagens, frases, cores, texturas, símbolos etc. que apoiem suas ideias. Não é diferente em um projeto de Visual Merchandising, principalmente quando se trata de uma vitrina ou o lançamento de uma coleção para a qual a loja deve estar preparada e ambientada para recebe-la.
O mood board ou painel semântico serve exatamente para isto: para dar significado ao conjunto de imagens e frases selecionadas, resultando em uma interpretação clara e rápida do tema a ser trabalhado. As imagens devem responder a perguntas básicas como: quem é o público que consome a marca? o que fazem? qual a faixa etária? em que ambiente vivem? como se divertem? Ou seja, dar uma coerência ao trabalho, facilitando o diálogo entre a marca, o tema e o público.

A criação de um mood board é quase artesanal e muito gostoso de fazer. Recortes são fixados em um painel e aos poucos vemos as referências se juntarem e a ideia tomar forma. A partir daí as cores, os objetos, os ambientes, o estilo de vida, faixa etária que traduzam o público-alvo da marca e que foram selecionados vão servir de inspiração para o projeto.
Veja o resultado de um mood board que desenvolvi tendo Frida Kahlo como tema.


Não é fácil entender Frida, seu hábito de se enfeitar com flores, as cores quentes do México, e a vibração das estampas?

Quer mais?
Mood board da Ellus para o verão 2016 - Foto: divulgação
Ellus- Verão 2016- Inspiração: Uma viagem à Marrakesh

0'/>