08/04/2015

VISUAL MERCHANDISING - Como surgiu?

A prática do merchandising é muito antiga, vem de lá da Idade Média quando as cidades começaram a se formar e os comerciantes usavam de todas as ferramentas que dispunham para chamar a atenção dos clientes. E sabem que ferramentas eram estas? Gritos e palmas!!!!

Depois os produtos passaram a ser expostos nas ruas em mesas e tabuleiros já de forma organizada, facilitando a visibilidade de quem passava. A Revolução Industrial permitiu uma produção em larga escala dos produtos e o crescimento do varejo não demorou a acontecer. Surgem então as "General Stores", lojas que vendiam de tudo um pouco: tecidos, máquinas, implementos agrícolas e por aí vai.
Photo: Tony Morgan

A diversidade dos produtos vendidos incentivou o nascimento de lojas especializadas e o aparecimento da primeira loja de departamento em Paris: a Bon Marchè, em 1850. Contando com uma estrutura gigantesca este novo formato permitia a exposição dos produtos por categorias

Au Bom Marchè- Paris
Os Estados Unidos não perderam tempo e construíram a Sears em Chicago em 1886. Aqui a Casa Masson (1871), Pernambucanas (1906) e Mesbla (1913) foram as pioneiras no setor, abrindo suas portas nos grandes centros urbanos da época.
Sears, Chicago- USA
Nesta época surge também a técnica de fabricação de vidros em grandes dimensões e as primeiras vitrinas são construídas e ambientadas. Os varejistas percebendo o sucesso que faziam, começaram a expor no interior dos estabelecimentos as mercadorias de forma artística e estas vendiam muito mais do que as que estavam nas prateleiras longe dos consumidores. Nascia assim o que hoje chamamos de Visual Merchandising, que no início se limitava a conceber exposições artísticas nas vitrinas e no interior das lojas e que hoje já busca explorar as emoções dos consumidores, estimulando os cinco sentidos, gerando uma experiência de compra inesquecível.

Créditos:
Imagens:
0'/>