10/02/2016

A IMPORTÂNCIA DAS VITRINES NO VAREJO DE MODA



Considera-se Vitrine todo o espaço do estabelecimento comercial, fachada e interiores, reservado à exposição de produtos destinados à comercialização. A vitrine de uma loja funciona como transmissor da identidade da marca/loja junto ao público-alvo. É através da vitrine que cada empresa comunica a sua estratégia comercial e identidade ao consumidor final.

Em média, bastam 11 segundos para que o consumidor repare ou não em uma vitrine e é sabido que 80% das nossas percepções são criadas pela visão, motivo pelo qual se diz usualmente que “uma imagem vale mais do que mil palavras”.
Considere a sua vitrine como uma grande janela que se torna referência do seu negócio,  desde que seja bem compreendida e bem desenvolvida, pode ser um dos elementos chave para o seu sucesso. Caso contrário, poderá reduzir-se a uma silenciosa e adormecida obscuridade.

Quantas vezes, ao longo do último mês, você refletiu sobre as seguintes questões:
  • A vitrine da minha loja reflete sua imagem e identidade?
  • Os produtos expostos na vitrine estão em boas condições ou denotam sinais de desgaste (pelo sol, pela acumulo de pó, etc.)?
  • A vitrine apresenta produtos que não correspondem aos existentes no interior da loja ou remete para uma data comemorativa já ultrapassada (por exemplo, decoração ou produtos de Natal ainda em Janeiro)?
  • Quando foi a última vez que sua loja mudou a vitrine? Com que regularidade o faz?
  • Existe coerência entre a vitrine e a atmosfera do interior da loja (visual, som ambiente, apresentação e disposição dos produtos, atendimento, etc.)?

A simplicidade na vitrine pode ser eficaz para captar a atenção do consumidor. Os ambientes não devem conter excessos, evitando a sobreposição de produtos e mensagens promocionais que dificultem a compreensão da sua mensagem. Excesso de informação (inclusive informação visual) provoca desequilíbrio e desconforto. Muitas vezes se consegue maior impacto com o destaque para um determinado produto apenas.

 

As vitrines à semelhança dos pontos de interesse no interior da loja devem ser renovadas frequentemente. O desenvolvimento de projetos de vitrinismo é um processo complicado que requer profissionais qualificados e em clara consonância com a estratégia e objetivos comerciais da marca. Ainda assim, mais do que um custo devem ser considerados como um investimento: Afinal, mais de 74% dos consumidores entram nos estabelecimentos devido ao apelo de uma vitrine bem elaborada.

 Considerando o atual ambiente do mercado varejista, a empresa deve preocupar-se com a gestão de todos os detalhes que podem influenciar, de forma positiva ou não, o sucesso do marca e este sucesso só é atingido quando se consegue harmonizar os diferentes elementos que coexistem no espaço comercial.

Para tal torna-se importante verificar fatores como a funcionalidade do espaço, a fachada, a(s) vitrines(s), a decoração, o mobiliário, os equipamentos, o mix de produtos expostos em destaque, a forma de exposição dos mesmos, a sinalização, a temperatura ambiente, a trilha sonora, as cores, a iluminação, os materiais promocionais e até os aromas da loja.

De igual modo, a apresentação da equipe de vendas, a sua postura e comportamento influenciam o resultado final. De nada adianta um espaço impecável se o cliente sente um clima frio ou mesmo hostil por parte da equipe de vendas.

Como se pode observar, a gestão do PDV deve ser tratada como um conjunto de ações que conversem entre si em um diálogo de fácil compreensão para que o consumidor absorva e interprete de forma clara e límpida a identidade da marca. 
Boas vendas!

Créditos das imagens:


0'/>