24/08/2016

VISUAL MERCHANDISING: LOJAS DE JEANS


Lá pelos anos 1970 um comercial super divertido anunciava "liberdade é uma calça velha azul e desbotada", e quem não concorda?
O índigo, um tecido desenvolvido para fabricação de roupas utilitárias dos mineradores americanos aos poucos ganhou status de peça indispensável pelos jovens com a criação do modelo 501, o básico da Levis e a tendência foi disseminada mundo afora, e todo mundo usa!!! É um exemplo clássico do efeito "bubble-up", que nasce nas ruas e ganha as passarelas.

Jeans foi a imagem da rebeldia nos anos 1950 com a explosão do rock and roll, com James Dean e Marlon Brando protagonizando papéis no cinema, arrebatando seguidores quando nem sonhávamos com as redes sociais para transformar anônimos em famosos em segundos.

Hoje todas as grandes marcas possuem em suas coleções peças fabricadas com o mais democrático dos tecidos- o jeans- e as lojas especializadas investem em apresentações criativas com projetos de Visual Merchandising que nos conectam com a mensagem do produto: descontração, juventude e liberdade para compor o look do jeito que quiser.









Um momento retrô: o famoso comercial da US Top.



0'/>