02/11/2016

SEGMENTAÇÃO DO MERCADO: O SUCESSO COMEÇA AQUI!

Topshop

Por Daniela Lago Burity. Retail Specialist & Fashion Forecaster do TrendZ Bureau de Londres.

"Um dos maiores desafios que as empresas enfrentam atualmente é o conflito entre a sua identidade e a segmentação de mercado. Muitas vezes elas tentam servir tantos segmentos de mercados diferentes e necessidades distintas que terminam com produtos desconectados e estratégias mal alinhadas, gerando confusão para os clientes quanto a sua real essência. Embora essas empresas possam estar operando de maneira satisfatória em muitos parâmetros, essa falta de foco cria dificuldades para vencer no longo prazo.

Segundo uma pesquisa realizada pela Harvard Business Review foi comprovado que as empresas com uma forte identidade tem maior chance de obter sucesso empresarial, ela impulsiona a sua organização para melhor executar e desenvolver tarefas, e fornece a estrutura para o seu melhor funcionamento.

Sendo assim, manter bem definido o DNA da sua empresa é fundamental para o seu desenvolvimento, oferecendo produtos únicos e com identidade própria, conhecendo a fundo o seu nicho de mercado e o seu público-alvo, e estruturando de maneira segura os caminhos que deverá seguir para deixar seu cliente sempre encantado.

Investir no novo faz parte da rotina dessas empresas, sempre abertas e atentas as novas idéias, construindo pontes seguras para alcançar  oportunidades e formando uma estrutura de valores agregados, repensando relacionamentos saudáveis e estimulando e desenvolvendo novas parcerias que funcionem como impulsionador de força, procurando sair sempre da sua zona de conforto.

Zara

Zara e Topshop: otimização das coleções de moda.

E o varejo do hemisfério norte mostra-se cada vez mais competente em relação à essa questão, utilizando cada vez melhor tempo e recursos, aproveitando-os no potencial máximo para gerar coleções de sucesso. Como exemplo a espanhola fast fashion Zara e a inglesa Topshop que colocam peças novas em suas lojas toda semana.

Atualmente, quase todas as gigantes varejistas, lançam várias mini-coleções constantemente e extremamente bem coordenadas durante toda a estação.

Com uma construção muito mais otimizada, as famílias dessas mini-coleções, também estão bem menores, e comunicando-se entre si, tornando o processo criativo extremamente dinâmico e eficiente, e o consumidor satisfeito com as novidades sempre frescas oferecidas pelo mercado.

Definir um propósito claro e focar no que realmente agrega tem sido um antigo desafio para a maioria das organizações, mas vale cada esforço para a construção da sua identidade própria, pois prova não só ser apenas uma estratégia vencedora para resultados promissores, mas também um motivador incrível para os funcionários, que executarão o seu melhor, possuindo a convicção de suas contribuições para o sucesso da empresa."

Créditos:
Imagens:
http://payload24.cargocollective.com/1/2/95036/2794719/photo11_905_905.jpg
0'/>